Localização Matinhos, Paraná, Brasil

Área 120.0 m2

Ano do projeto 2015

Ano de construção 2015

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RESIDÊNCIA EM MATINHOS

Localizada em Matinhos no litoral paranaense, esta residência construída na década de 60 para a mesma família possui um projeto primoroso, com traços da arquitetura moderna brasileira que permanecem contemporâneos até hoje. O cliente, que hoje usa a casa como refúgio da vida agitada na capital, apresentou três principais demandas: a revitalização do pátio frontal da casa, com a inserção de um muro e portões mais altos; a criação de um novo espaço para churrasco; e a criação de um banheiro para o quarto principal.

O partido do projeto buscou um reencontro da residência com sua essência original, marcadamente alterada ao longo dos anos com sobreposição de diferentes revestimentos, e ao mesmo tempo, atender as novas demandas da família. O projeto respeita a beleza formal e materialidade original, revitalizando a casa como obra arquitetônica, ainda que com um orçamento enxuto.

O ponto principal apresentado pelos clientes, é também o ponto principal da casa como um todo: o pátio frontal. Esse espaço é composto pela varanda, intrinsecamente ligada a sala anexa através de belos painéis de madeira que se abrem completamente, e também pelo pátio propriamente dito. Para otimizar o uso da varanda, no lugar do antigo guarda-corpo que já se encontrava completamente comprometido, propomos a inserção de um guarda-corpo banco, um elemento que além de ser um obstáculo físico entre os diferentes níveis, é principalmente um elemento de conforto, um atrativo que convida o residente a permanecer no espaço, podendo tanto desfrutar da bela vista da praia, quanto participar da conversa que acontece na sala anexa. O piso cerâmico atual da varanda e do pátio foi substituído por um novo piso de cimento queimado, resgatando a estética original da casa. Um detalhe interessante do piso do pátio é a criação de uma área permeável preenchida com seixos rolados, criando uma variedade interessante de texturas e materiais que enriquecem a experiência nesta área. A inserção do muro e do portão foi pensada de forma a valorizar a composição formal da horizontalidade da casa, e principalmente garantir a preservação da vista da casa para a praia, grande paixão dos moradores.

A criação de um espaço para churrasco fez uso da mesma lógica de integração da sacada, a continuidade espacial proporcionada pela extensão do piso da sala. Sendo assim, foi criado um deck de madeira elevado no pátio privativo, de forma a facilitar os fluxos e a integração das pessoas durante a realização de uma confraternização, criando um espaço de lazer integrado, ao invés de um espaço de serviço. Já a criação do banheiro para a suíte se deu de modo simples, fazendo uso da estrutura de um antigo banheiro externo na garagem, o ponto principal aqui foi pela atenção ao revestimento que remete aos antigos revestimentos originais da casa, ainda presentes nos outros banheiros da residência.