Localização Alvorada do Sul, Paraná, Brasil

Área 180.0 m2

Ano do projeto 2015

Ano de construção 2017

Colaboração Victor Duarte Vilela

 

 

 

 

 

 

 

 

RESIDÊNCIA EM ALVORADA DO SUL

O projeto desta casa localizada em Alvorada do Sul, em frente ao Rio Paranapanema foi uma grande oportunidade em explorar a relação da arquitetura com a natureza. As principais condicionantes do projeto foram as dimensões alongadas do terreno, seu perfil em desnível acentuado, e claro a conexão e a vista para o lago nos fundos do terreno.

Então, o partido do projeto busca uma inserção harmoniosa da residência no lote ao mesmo tempo que faz uso de seu relevo natural para transformar a residência em uma espécie de mirante para o lago. Sendo assim, optou-se por dividir a casa em duas lâminas longitudinais ao terreno, dividindo o setor social do setor íntimo, criando um respiro natural entre os volumes construídos. Esses dois volumes foram deslocados entre si, aproximando o setor privado ao acesso e ao mesmo tempo, aproximando o setor social do lago.

O bloco social se caracteriza como um grande pavilhão, com ambientes totalmente integrados entre si, permitindo não somente a conexão entre os indivíduos nesses espaços mas também o acesso a vista para o lago à todos. Outro elemento de destaque desta lâmina é a prolongação da cobertura desse pavilhão para fora, criando um deck protegido de contemplação da vista e da área de lazer da residência. Já o bloco íntimo se destaca principalmente pela sua suíte principal, caracterizada por uma grande abertura para o lago, tornando-a em um mirante íntimo.

Contudo, o ponto alto deste projeto se encontra na materialidade da casa: o bloco social foi construído com tijolos reaproveitados de uma antiga fábrica do cliente e o bloco íntimo foi materializado com pedras encontradas no próprio terreno da obra. Esse conceito é conhecido como ‘upcycling’ onde um material considerado descartável é transformado em um material reutilizável sem a necessidade de qualquer processo de reciclagem.